matinhos

DSC_1931

“O que você foi fazer no mato Maria Chiquinha?”

Bom no meu caso eu fui bater algumas fotos mesmo. Meu namorado encontrou esse campo com esses matinhos bonitinhos que não sei o nome e fomos no sábado para fotografar. Por incrível que pareça estava muito quente no dia, nem parece esse frio que está agora.

Eu não posso ver matinho bonitinho ou flores que já fico louca para fotografar, acho que estou virando a tia das fotos de flor e matinhos! Hehehehe…

Antes que me perguntem, esse campo cheio de matinho branco está na cidade de Jaguaruna – SC. Ele me lembrou um pouco o campo de algodão que vi no blog da Andrea Mentes , o Toffee Drops, onde ela tirou umas fotos maravilhosas! *-*

Como aqui onde moro não temos essas coisas legais fomos no matinho mesmo porque afinal quem não tem cão caça com gato, não é mesmo?

campo de matinhos que parecem allgodão

sunflower

Eu não sei dizer ao certo quando começou esse meu amor por girassol. Eu poderia dizer que: “girando sempre em direção ao sol” ou algo do tipo, mas soaria muito clichê.

Acho que essa florzinha amarela me conquistou por ser só ela mesmo. Coisa que eu sinto cada vez mais difícil de achar em mim. É difícil ser você mesmo num mundo cheio de aparências, já tentei ser várias coisas mas sempre me dei mal no fim. Chega até ser engraçado não é?

Mas ela só fica ali, girando enquanto sol faz o seu ciclo e a noite ela se fecha para no dia seguinte, despertar para um novo dia. Aqui até eu acho parecida com girassol. Mas ela sabe esperar seu tempo e sua hora, e eu nem sempre. Tá aí um negócio que preciso aprender com ela.

A minha tatuagem tem significado? Não sei, mas acredito que agora deva ter. Toda a vez que olho para ela, vejo essa pequena flor que me deu coragem de fazer uma tatuagem (desculpa aí, mãe!), e de sempre me fazer esperar pelo sol para me acompanhar nesse ciclo da vida. Às vezes pode vir a chuva, mas isso aí é outra história…

“I’m a sunflower, a little funny…”

leituras (até agora)

livro do Senhor dos Anéis e um copo do New York Café com uma folhinha de árvore

Olá!

Quero muito falar de livros aqui no blog, mas de uma maneira diferente. Até porquê, eu agora estou falando mais de livros no meu Instagram pessoal (@daninhafarias, já me segue lá?), onde dou opiniões mais detalhadas sobre as minhas leituras. Então já me segue lá se você gosta de resenha de livros via stories. 😉

Eu tenho lido muito pouco nos últimos tempos, muita coisa acontece na vida adulta que meio que perdemos o encanto de ler e também a correria dessa vida não nos deixa nem ter tempo para pensar. Mas me propus a ler pelo menos 30 livros esse ano e até agora conseguir ler 6 livros de 16 que tenho aqui na fila de espera. Vou falar bem brevemente o que achei deles.

O Caderninho de Desafios de Dash e Lily – David Levithan e Rachel Cohn

David Levithan é um dos meus autores preferidos, e por isso as expectativas estavam altas para ler esse livro! Eu gostei mas não era o que eu esperava, eu sempre achei a escrita de David não combina muito com outros escritores porque ele tem particularidades e seus personagens sempre são reflexivos, embora eu tenha achado a história fofinha, a personagem feminina me incomodou um pouquinho, mas tento sempre relevar já que se trata de dois adolescente que resolvem deixar um caderninho cheio de desafios antes de se conhecerem de verdade. Nota:3/5

Os Adoráveis – Sarra Manning

Custei a ler esse livro, apesar da narrativa ser bem atual onde a protagonista é uma digital influencer. Mas, não me cativou e enrolei pra terminar e que acabou com a minhas expectativas em relação a esse livro. Nota:2/5.

A Cinco Passos de Você – filme que virou livro

Com um burburinho nas redes sociais, o filme A Cinco Passos de Você caiu nas graças do público e na minha também. Lembra A Culpa das Estrelas, lembra, mas é legal deixar o preconceito de lado e se emocionar com a história de Stella e Will. Nota:5/5.

Coração de Tinta – Cornelia Funke

Empolgada estava para ler esse livro pois tinha gostado muito do filme! Eu até gostei de ler e descobrir que é totalmente diferente da versão cinematográfica mas o que não me fez dar mais estrelas nesse livro é que não estou mais na vibe de ler livros de fantasia no momento. Mas a leitura é válida, quem sabe eu releia pois ainda Coração de Tinta ainda tem continuação. Nota:3,5/5

Agora e Para Sempre, Lara Jean – Jenny Han

Esse ano está sendo o ano de despedidas. Game of Thrones, Avengers e agora a saga da minha querida Lara Jean. Esse livro não tinha como ser melhor, ver uma personagem tão querida finalmente tomando as rédeas da sua vida. Cativante e emocionante, não vejo a hora de ver a continuação em filme dessa história. Nota:5/5.

A Paciente Silenciosa – Alex Michaelides

Meu Deus que livro M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O! Quando assisti ao vídeo da Pam, precisei em comprar pois fazia tempos que não lia um suspense tão bom. É sério, apenas comprem e leiam! Eu terminei em dois dias de tão fissurada que fiquei com a história. É só o que tenho a dizer: LEIAM! Nota:5/5.

Essas são as minhas leituras até o momento, e estou terminando o livro Projeto Rosie que em breve pretendo falar no meu Instagram. Então já segue lá hein?

Me contem o que vocês estão lendo no momento?

Bosque do Alemão

No começo do ano fui a Curitiba pela segunda vez, mas dessa vez foi uma viagem rápida. No sábado fomos ao New York Café do centro da cidade, mas algumas fotos não ficaram legais pelo fato de eu ficar com vergonha no meio de tanta gente. E também o waffle e o café foram tão deliciosos e a conversa com os nossos guias turísticos estava boa demais!

No domingo pela manhã fomos no Bosque do Alemão, um lugar lindíssimo! Lá consegui tirar umas fotos e fazer uma encantadora acompanhada pela história de João e Maria.

bosque do alemão Curitiba parque foto menina feliz
Eu tentando fazer foto de turista

Briana e Evandro – nossos guias turísticos queridos!

 

Tirei essas fotos com o celular, porém esqueci de editar! 😛

Início da trilha

Garoto no bosque do Alemão Curitiba
My love! ❤

Modelo linda!

casal querido!

Casa da Bruxa de João e Maria

Bosque do Alemão é um lugar incrível tanto para passear, fazer fotos e piquenique! Achei tão encantador que já quero voltar lá de novo. 🙂

No meu Instagram (segue lá:@daninhafarias) tem mais vídeos nos destaques sobre a minha ida a Curitiba, lá mostro com mais detalhes o bosque e os lugares onde fala sobre a história de João e Maria.

Acho que esse ano ainda irei a Curitiba novamente! Tem alguém de Curitiba por aqui?

Até o próximo post! ❤

eu achei que não iria voltar…

E voltei!

Eu sempre gostei de escrever, isto é fato. Quando eu estava com meu outro blog – o falecido daninha farias -, senti que ele foi perdendo a identidade por tantos posts aleatórios que eu fazia. Com o tempo, fiquei desanimada e já não estava gostando do que eu estava acontecendo, além de que muitas coisas aconteceram no decorrer da minha jornada com aquele blog.

Eu me lamentava muito naquele blog, algo que quero deixar um pouco de lado e falar de coisas boas. Essa é uma coisa que quando estamos perto dos 30 anos, começamos a ver as coisas de uma outra maneira. Claro que terá os momentos de bad, mas não será tão frequente.

Ainda não sei o que escrever aqui, mas sinto que nada será como antes. Por isso, deixo vocês com algumas fotos que fiz numa estrada florida que meu namorado encontrou perdida na cidade de Jaguaruna. *momento narcisista*

Não sei mais bater fotos na horizontal! Hahaha

Então é isso, até – só Deus sabe quando – o próximo post!

Bom domingo de friozim! ♡